Em um mundo onde as empresas oferecem serviços e produtos muito parecidos, clientes têm maior poder de escolha e estão mais bem informados. Essa é a nossa realidade e, diante dela, os negócios precisam contar com diferencial competitivo, pois essa é uma exigência de mercado.

Mas, na prática, como construir isso? Como fazer uma empresa se destacar em relação a outras que têm acesso aos mesmos fornecedores? Entenda, neste post, a importância de se diferenciar da concorrência e conheça caminhos para alcançar esse objetivo.

O que é diferencial competitivo?

Imagine-se em uma corrida de carros: a pista é a mesma, os motoristas têm capacidade semelhante e as regras são iguais. No fim das contas, quem ganha? É neste contexto que entra o diferencial competitivo, que são estratégias para conquistar a confiança e a preferência do cliente — o prêmio máximo dessa disputa.

Mesmo com produtos idênticos, há formas de fazer de sua marca uma boa referência para o consumidor: a agilidade na entrega, a qualidade do atendimento e o acompanhamento pós-venda, por exemplo, são pontos importantes na construção de uma relação duradoura com seu público.

Como construir um diferencial competitivo?

Entenda que essa é uma construção contínua, e que demanda tempo. Você tem que escolher caminhos e tomar atitudes para consolidar essa diferenciação em relação à concorrência e se tornar especial aos olhos do seu público.

Veja algumas das formas mais efetivas de conseguir isso:

1. Conhecer a si mesmo e à concorrência

Para dar início a essa jornada, você precisa estudar, avaliar e observar a si mesmo e ao mercado em que está inserido. Assim você consegue identificar seus pontos fortes e aqueles em que precisa melhorar.

Uma forma de fazer isso é utilizando o que, na administração, chama-se análise FOFA, avaliando:

  • forças, que são o que você tem de melhor internamente, como bons sistemas, uma equipe capacitada etc.;
  • oportunidades, que são boas possibilidades percebidas no mercado, como um produto que pode ser bem aceito ou uma região a ser trabalhada;
  • fraquezas, ou seja, seus pontos internos de melhoria. Questões de organização, ferramentas ou estruturas que podem ser melhoradas;
  • ameaças que você identifica no mercado, como a entrada de um concorrente forte ou aumento de impostos.

Você pode aproveitar as forças e oportunidades, corrigir e se precaver contra as ameaças para se destacar e se fortalecer.

2. Capacitar sua equipe continuamente

Esse é um dos pontos que mais pedem atenção nas empresas. Muitos empreendedores começam seus negócios sem o preparo devido ou possuem equipes que precisam se desenvolver.

Buscar treinamentos, cursos para qualificar gestores e colaboradores são formas de fazer com que tudo seja feito da melhor forma, entregando um produto ou serviço de maior qualidade e garantindo a satisfação do cliente.

3. Investir em inovação

Mas de nada adianta ter uma equipe capacitada se você não der a ela excelentes ferramentas de trabalho. E a tecnologia é, sem dúvida, a melhor delas. Com a inovação, você encontra formas mais inteligentes de atuação. Isso reduz custos e otimiza o uso do tempo de seus funcionários. Isso colabora para que os resultados sejam entregues mais rapidamente, ou seja, traz mais eficiência.

Nesse contexto as ferramentas de Business Intelligence (BI) são uma opção excelente. Com os dados inseridos, você consegue ter relatórios e visões estratégicas que ajudam a definir melhores formas de atuar. O BI permite que você conheça a si e ao mercado e saiba como e quando agir para ganhar espaço e competitividade.

Um sistema que agrupe as informações de suas redes sociais, de seus atendimentos, de vendas, de custos e outros dados pode fornecer uma visão clara sobre faturamento, produtividade e outros índices que ajudam a identificar pontos de melhoria.

A maioria absoluta das grandes empresas conta com ferramentas de Business Intelligence para apoiar as decisões importantes e alcançar o desejado diferencial competitivo. Sua força nos negócios, somada à capacitação da equipe, confere excelência contínua ao empreendimento.

Ficou interessado? Para entender mais a respeito, baixe nosso e-book sobre Business Intelligence e saiba como se diferenciar no mercado e garantir sucesso nos negócios!