Considerado um modelo de análise de dados arrojado, o Big Data pode operar em qualquer tamanho ou segmento de negócio, pois é um modelo extremamente abrangente. Esse método envolve três conceitos principais, conhecidos como 5 Vs: Volume, Velocidade, Variedade, Veracidade e Valor das informações.

Agora tente imaginar uma solução que trabalhe com essas cinco variáveis, tornando possível a análise de praticamente toda informação disponível online publicamente. Deu para entender melhor a importância do Big Data?

Sendo assim, dada a robustez e qualidade das informações geradas, os benefícios para as empresas são exponenciais. Para conhecer alguns, continue a leitura!

O Big Data como diferencial competitivo

Toda organização produz dados, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. Saber o que fazer com essas informações é o que faz toda a diferença — e é esse o papel do Big Data.

Esse modelo auxilia na formatação de uma estratégia, gerenciando os dados do melhor modo por meio da organização da informação (Business Intelligence) e, consequentemente, otimizando os processos. Desse modo, é inevitável que sua empresa se torne ainda mais competitiva no mercado.

Captação de informação do mercado e dos clientes

Monitorar os clientes e as tendências de mercado são iniciativas gerenciais muito importantes para definir as próximas movimentações do negócio.

Entretanto, é impensável conceber o gerenciamento de dados feito exclusivamente via planilhas. Entender o comportamento dos compradores e traçar perfis é uma tarefa muito complexa para uma gestão manual de dados.

Por essa razão, a análise de Big Data é imprescindível no sentido de fornecer um melhor entendimento sobre as demandas dos clientes e os fatores que influenciam em seu processo de decisão, ajudando sua empresa a fazer um planejamento mais eficaz.

Negociações otimizadas

As operações financeiras são extremamente importantes para as organizações, afinal, são responsáveis por gerar o crescimento econômico da empresa. Apesar disso, existe um problema que costuma prejudicar inúmeras empresas: a inadimplência.

Com o apoio das análises fornecidas pelo Big Data, é possível aumentar o nível de confiança das negociações, garantindo a minimização dos riscos. Isso se dá principalmente devido à robustez das análises do método, que agregam maior segurança à concessão de crédito.

Antecipação ao erro

Ao organizar os dados importantes para sua organização de maneira estruturada, por meio de uma ferramenta analítica Big Data, os comerciantes tem a possibilidade de melhor gerenciar os seus estoques, otimizando assim o seu controle e fornecimento.

Nesse sentido, ao basear o planejamento em uma análise de dados precisa, é possível prever cenários com maior eficiência e, desse modo, identificar os riscos envolvidos em um projeto. Em longo prazo, é provável que esse plano de ação se reflita nos índices de sucesso da empresa, que se tornarão mais amplos e lucrativos.

Redução de custos

Seja qual for o tamanho ou segmento da empresa, os objetivos costumam ser sempre os mesmos: elevar os ganhos e reduzir os gastos. Nesse sentido, o Big Data exerce papel de destaque, pois possibilita aos administradores a identificação de ameaças e das áreas de baixa produtividade.

Dessa maneira, problemas são facilmente sanados e potenciais de melhoria são identificados, permitindo que o negócio prospere com custos e índices de desperdício menores.

Em suma, o Big Data viabiliza uma vasta e variada coleta de informações, com grande velocidade e alto nível de complexidade, tornando possível correlacionar, hierarquizar e otimizar a informação de acordo com as demandas do negócio.

Gostou de saber como utilizar as vantagens do Big Data em favor da sua organização? Deixe seu comentário e agregue valor a essa discussão!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.