De acordo com a consultoria IDC, as empresas brasileiras têm se destacado na adoção de ferramentas de Analytics — soluções tecnológicas que ajudam a estruturar e interpretar dados para gerar informações de valor aos negócios —, sendo esta uma das tendências tecnológicas que irão contribuir para o crescimento do segmento de TI até o final de 2015. Logicamente, quando falamos em análise de dados não estamos falando apenas em ferramentas, mas também numa nova forma de gerar insights e tomar decisões a partir das informações valiosas geradas pela empresa, por seus stakeholders e pelo mercado em geral.

Acompanhe: neste artigo vamos conversar sobre como uma análise de dados bem feita pode ajudar a sua empresa a aumentar seus lucros e produtividade!

4 vantagens que a análise de dados pode proporcionar à sua empresa

Ao estruturar e estudar dados em recursos facilitadores da melhoria de processos ou para entender uma determinada situação, dentre outros fins que serão pontuados a seguir, estamos fazendo análise de dados. Saiba quais as vantagens que esta prática pode proporcionar ao seu negócio:

1 – Análise de dados ajuda a conhecer melhor os clientes

As informações armazenadas sobre os clientes nas ferramentas de CRM e até dados de redes sociais e outras interações com a empresa podem revelar padrões de comportamento, preferências e até anseios dos seus clientes.

Como o relacionamento que as pessoas têm com as marcas mudou muito nos últimos anos, estar um passo à frente, muitas vezes, significa conhecer o que os consumidores esperam, se antecipar a estes anseios e criar soluções para problemas que podem não ser verbalizados nos contatos comerciais.

2 – Controlar melhor a operação

Ao criar uma rotina de controle da operação por meio da análise de dados, é possível identificar processos que precisam ser ajustados, intensificar o que está dando certo e até fazer correções em tempo hábil.

Por exemplo, ao analisar os dados do departamento, a empresa consegue identificar em quais linhas de produtos está obtendo maior sucesso e em quais é preciso intensificar a força de vendas – ou melhorar as ações de marketing. Cruzando estes dados com o que se descobre analisando dados sobre a carteira de clientes, é possível identificar oportunidades e até ter insights para a criação de novos produtos ou serviços.

Isso pode ser aplicado a todas as esferas da operação, desde a gestão de pessoas para melhorar produtividade até o dimensionamento de compras, entre outros. Com dados estruturados e devidamente interpretados em relatórios inteligentes, a direção da empresa pode ter mais previsibilidade e tomar decisões mais assertadas em relação a sua operação.

3 – Gerar inteligência de negócio e tomar decisões melhores

Logicamente, é preciso partir de algumas perguntas que precisam ser respondidas. No meio do caminho, com a “mineração” das informações, podem até surgir insights novos, mas é preciso saber quais resposta se está procurando.

Ao utilizar um sistema de Business Intelligence, por exemplo, a alta hierarquia da empresa consegue cruzar dados de toda a operação com outros advindos do mercado para fazer estimativas e, assim, mover suas decisões estratégicas para um caminho mais seguro.

Cada vez mais, a análise de dados é feita em tempo real, com dashboards que apresentam aos decisores a movimentação de determinados fluxos de dados. Bancos e operadoras de cartões de crédito, por exemplo, costumam analisar padrões de abstinência e de gastos para evitar inadimplência; empresas de comércio eletrônico examinam os padrões de origem tráfego dos seus sites e até mesmo de navegação para determinar quais perfis de clientes são mais ou menos propensos a comprar um produto ou serviço com base em compras anteriores ou tendências de visualização.

4 – Promover a inovação

Com uma visão mais ampla do negócio, por meio da análise de dados, as empresas conseguem inovar mais. Isto porque elas conhecem melhor suas operações, sabem quais são seus pontos fortes e o que precisa ser melhorado, conhecem melhor seus clientes, seus potenciais clientes e o mercado, e têm mais subsídios para a geração de ideias disruptivas.

Sua empresa já utiliza a análise de dados para potencializar resultados? Você tem mais alguma dúvida sobre este assunto? Deixe seu comentário que teremos prazer em ajudá-lo!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.