ROI (Return on Investment – Retorno sobre Investimento) é um importante indicador de desempenho de negócios e, com ele é possível avaliar o custo/benefício de um investimento. O ROI do Business Intelligence (BI) é o principal indicador que a direção da empresa deve apurar antes e depois da implementação de um projeto de BI.

Sendo assim, é importante que os gestores de projetos de BI tornem-se aptos a calcular o ROI e demonstrar os impactos positivos deste investimento no aumento do lucro da empresa, afinal de contas, os empresários não apostam suas fichas sem perspectivas de retornos favoráveis.

A importância de se saber o ROI

O cálculo do ROI permite saber o valor do investimento que será necessário para implementar o projeto de BI e apurar os retornos que ele proporcionará. Além disso, permite avaliar em quanto tempo este investimento irá se pagar (payback).

O cálculo do ROI do Business Intelligence

A fórmula de cálculo mais comum do ROI é: [(Ganho sobre um investimento – Custo do Investimento) / Custo do Investimento] x 100. O objetivo desejado é ter um ROI positivo.

No cálculo do ROI do BI devem ser consideradas as seguintes variáveis:

  • O custo de aquisição da ferramenta de BI; fique atento, pois ele tem muitas variáveis envolvidas que detalharemos a seguir;
  • O aumento projetado de receita e/ou da margem de lucro, em função de aumento da produtividade e/ou produção e redução de custos;
  • A redução ou eliminação de custos com a automação de processos — é possível eliminar etapas manuais de coleta e análise de dados, por exemplo;
  • A redução de custo de capital — com o uso do BI é possível eliminar do estoque produtos que não giram, mas empatam capital, além de reduzir as perdas e os desperdícios.

Os componentes do custo de aquisição do BI

Os principais componentes do custo de aquisição do BI são:

  • O custo inicial do software — isso inclui o preço de aquisição de licenças de uso e de adequação do maquinário (hardware) necessário;
  • O custo de implantação — considera-se o tempo de dedicação das equipes internas e os custos de contratação de consultores de implantação;
  • Customizações do software — isto pode encarecer bastante o projeto de BI;
  • O custo de treinamento dos usuários e técnicos — lembrando-se de somar custos de deslocamento, hospedagem e alimentação, quando aplicável;
  • Custo de manutenção da ferramenta — este custo permite atualizações frequentes do BI.

Na hora de analisar o ROI do Business Intelligence, fazer uma boa composição de custos e receitas é muito importante. Busque o apoio de pessoas-chave da organização, que podem contribuir com sua experiência na orçamentação de projetos.

Informe-se com fornecedores de soluções sobre os custos incidentes em cada etapa de implementação do BI. Evidencie também os ganhos intangíveis do BI, tais como: a redução de tempo na tomada de decisões, a agilização do acesso à informação, a melhoria da confiabilidade e transparência das informações, etc.

As vantagens de se trabalhar com ROI

As vantagens do uso do ROI estão em suas tendências a:

  1. Focalizar a atenção do administrador a obter o melhor lucro possível no seu Business Intelligence. O ROI deixa claro os ganhos e perdas em cada investimento e por isso tende a trazer clareza para os projetos.
  2. Evitar o corte de gastos desnecessários.
  3. Juntar as muitas fases do planejamento com objetivos e controle de custos.
  4. Permitir a comparação dos resultados tanto interna quanto externamente.
  5. Prover resultados duradouros.
  6. Desenvolver um senso de responsabilidade de esforço na gestão, permitindo que ela meça e avalie suas próprias atividades a luz dos resultados alcançados.
  7. Auxiliar a detecção de fraquezas em relação ao uso ou não uso de ativos individuais.
  8. Servir como um critério para medir a eficiência e eficácia da gestão de projetos e no gerenciamento da empresa como um todo.

Os desafios do ROI do Business Intelligence

Por outro lado, ROI tem as seguintes limitações e pode impor os seguintes desafios a um negócio:

  1. Encontrar uma definição satisfatória de lucro e investimento é difícil. Lucro tem vários conceitos e, da mesma forma, investimento pode ter uma série de conotações.
  2. O ROI pode influenciar um gestor a selecionar apenas investimentos com altas taxas de retorno, o que pode ser prejudicial. Afinal, outros investimentos de ROI menor podem aumentar o valor do negócio, mas por essa lógica serem rejeitados pelo gerente em questão.
  3. Comparar o ROI de diferentes empresas exige que ambas utilizem políticas e métodos contábeis similares.

As ferramentas Open Source: uma estratégia para poupar

Para otimizar o ROI do Business Intelligence, uma estratégia é utilizar ferramentas de código aberto. Elas não cobram nenhum tipo de assinatura ou licença, e entregam recursos para a análise e apresentação de dados e também softwares pagos.

A lista abaixo inclui alguns recursos de BI gratuitos que podem alavancar seus negócios:

BIRT

O BIRT se originou do projeto Eclipse e foi lançado pela primeira vez em 2004. Trata-se de uma plataforma de tecnologia de código aberto utilizada para criar visualizações e relatórios de dados.

O BIRT é constituído de vários componentes. O principal inclui um designer de relatório, mas o BIRT também fornece recursos extras como um mecanismo de gráfico, um designer de gráficos e um visualizador.

Com essas ferramentas você deve ser capaz de desenvolver e publicar relatórios sem gastar nada com isso. O BIRT funciona em sistemas Windows, Linux e Mac e é gratuito para todas essas plataformas.

JasperReport

O JasperReport é uma das ferramentas de relatório mais populares do mundo. Ele é usado em centenas de ambientes de produção e tem versões da comunidade e de suporte comercial.

Composto de vários módulos, como a biblioteca JasperReport, o JasperReport Studio e o JasperReport Server, inclui ferramentas importantes para o BI corporativo. Facilitando a integração com a arquitetura de TI existente nas organizações, JasperReport pode ser executado no Windows, Linux ou Mac e está disponível para download gratuito em seu site oficial.

Pentaho

Pentaho é um dos mais famosos recursos de BI do mundo, abrangendo uma gama de casos de uso de relatórios para a mineração de dados. Sua suíte inclui vários projetos de código aberto, dos quais Pentaho Reporting é provavelmente o mais famoso. Assim como as outras ferramentas de seu conjunto, o Reporting tem uma ampla gama de recursos, pronta para ser aplicado a cenários empresariais.

O Pentaho BI é um aplicativo J2EE que fornece infraestrutura para executar e visualizar relatórios por meio de uma interface baseada na web. Ele é suportado por recursos comunitários, como documentação e wiki e é executado no Java Enterprise Edition (J2EE), tanto em computadores com Linux, quanto Windows e Mac.

Com esses recursos gratuitos e o conhecimento das vantagens e desvantagens do ROI, alavancar o BI na sua empresa será mais fácil, e colocar em prática um plano lucrativo para seus negócios também.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre como calcular o ROI do Business Intelligence, deixe um comentário no post, compartilhando também a sua experiência sobre o assunto.

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.