Os relatórios gerenciais fazem parte da rotina de qualquer empresa, sendo considerados importantes para tomada de decisões e o planejamento estratégico. Mas nem todo gestor sabe, de fato, como aproveitá-los da melhor maneira possível.

O certo é que é necessário interpretar corretamente os dados e avaliar como eles serão usados no futuro. Mas se ainda assim você fica meio perdido, confira nossas 5 dicas de como conseguir melhores resultados com os seus relatórios. Boa leitura!

1. Crie relatórios gerenciais completos

Todas as decisões de uma empresa devem ser tomadas com base em dados reais. Sendo assim, mesmo o menor detalhe pode fazer a diferença na hora de propor melhorias ou inovar. Com um relatório completo, é possível ter uma visão geral sobre a situação do negócio. Para isso, é bom poder contar com soluções integradas, que reúnam todos os dados em uma única plataforma.

2. Defina os pontos mais importantes

Por mais completo que seja um relatório, é necessário saber priorizar as informações. Assim, tanto a equipe de controladoria quanto a diretoria precisa enxergar o que é mais importante para reduzir despesas, verificar os resultados e reconhecer todas as oportunidades.

Claro que isso não significa ignorar os detalhes. Eles são fundamentais principalmente para a geração de novas ideias. Mas o destaque dos pontos mais importantes ajuda numa compreensão imediata, inclusive quando é necessário resolver um problema de urgência.

3. Comece a análise pelo cenário macro

Com um relatório completo e com as informações mais importantes em mãos, dá para fazer uma análise mais segura. No entanto, para não perder o foco, o melhor é começar pelo cenário macro, analisando o desempenho de cada mês, de acordo com as metas estabelecidas.

Em seguida, pode-se aprofundar em cada detalhe para se entender como os resultados foram obtidos. Dessa forma, dá para saber o que deu certo e será mantido ou o que aconteceu de errado e precisa ser corrigido.

4. Compare os melhores e piores resultados

Um erro comum de muitos gestores é achar que as oportunidades só estão nos bons resultados. Mas nem sempre isso acontece. De fato, é preciso identificar e comparar os melhores e piores resultados, concentrando os esforços nos que tiveram maior crescimento.

Porém, aproveite o que não deu certo para redefinir estratégias, conhecer melhor a situação da empresa, ou mesmo, estudar uma forma de inovar.

5. Considere todas as oportunidades

Depois de analisar todos os resultados, é normal querer se concentrar nas oportunidades que geram o menor esforço. Mas elas também podem representar o menor retorno. Por isso, é importante saber avaliar riscos, conforme as métricas apresentadas, e aproveitar bem cada chance de fazer o negócio crescer.

O que não significa não valorizar o que já está dando certo. Ou seja, a dica é não se concentrar apenas nas oportunidades mais facilmente percebidas. Qualquer detalhe pode ser o diferencial que faltava para melhorar os resultados.

Enfim, as áreas de planejamento e controladoria devem encontrar maneiras de melhorar o processamento dos relatórios gerenciais, de modo que eles ofereçam uma visão clara e completa do negócio. Mas os gestores também devem saber reconhecer e aproveitar as oportunidades no momento certo.

Quer saber mais dicas sobre como melhorar os resultados da sua empresa? Assine nossa newsletter e receba conteúdos sobre business intelligence e outras ferramentas de gestão.

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.