Vender, se destacar no mercado, tornar-se cada vez mais competitiva. Esse é o objetivo de toda empresa, afinal, quanto mais ela crescer, mais retorno terá.

Porém, crescimento, geralmente, implica também em investimentos. E não depende somente de boas campanhas, um bom ponto comercial, um serviço ou produto diferenciado.

Com a análise de Big Data, você pode ter informações internas relevantes sobre seu negócio, ajudando a melhorar a saúde de sua empresa.

Mas você está usando todas as informações que detém de forma inteligente? Conhece as vantagens que a análise de dados pode trazer para sua empresa? Já está na hora de investir em ferramentas que te ajudem a tomar decisões mais assertivas.

Qual a importância das ferramentas de análise de dados?

Com essas ferramentas, fica mais fácil criar soluções inteligentes para se destacar frente a seus concorrentes, atingindo o objetivo de forma eficaz e otimizada.

É esse o conceito básico de Business Intelligence que, quando aliado a ferramentas de Big Data, te dará relatórios mais precisos e corretos para auxiliar a gerenciar sua empresa da melhor maneira possível.

Mesmo sendo utilizados de forma conjunta, há diferença entre Big Data e Business Intelligence, e vale a pena entender esses conceitos e aplicá-los em sua rotina administrativa.

Qual a relação entre análise de Big Data e Economia?

A análise de Big Data te ajudará a prever o que acontece no setor de atuação da sua empresa. Estudando o comportamento de seus consumidores, você criará uma relação empresa/cliente mais sólida. Fica muito mais fácil agradar um cliente conhecendo suas necessidades e antecipando sua demanda.

As campanhas publicitárias podem ser direcionadas para seu público, com uma comunicação mais abrangente e mais assertiva, a partir do momento que você sabe o que ele está procurando. E aquele produto que seu cliente compra sempre em determinado dia do mês? Sabendo desse hábito, você pode aumentar a frequência de compra, oferecendo para ele esse produto em outra data e com preço diferenciado, por exemplo, fazendo com que ele volte mais vezes em sua empresa.

E não apenas as empresas podem utilizar Big Data como ferramenta na Economia.

No setor governamental, podemos destacar o projeto DataViva, lançado em 2013 pelo governo de Minas Gerais. Em resumo, a ferramenta analisa informações colhidas por meio da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho e Emprego), somando os dados de exportação informados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Com poucos cliques é possível saber o perfil da população, as atividades que são desenvolvidas, dados sobre a ocupação formal, média salarial, além de todos os produtos exportados, bem como o volume dessas exportações.

Os dados não se restringe apenas a Minas Gerais, mas abrange todo o território nacional, podendo exibir em segundos tudo o que cada município brasileiro produz.

Essa análise é usada, por exemplo, por empresas que pensam em investir em determinada localidade, oferecendo análise detalhada sobre oportunidade de negócios, lacunas no mercado de trabalho ou sobra de pessoal qualificado, já que detêm todas essas informações em seu banco de dados.

Até mesmo o Governo Federal utiliza a análise de Big Data para controlar a inflação. Através de ferramentas exclusivas, especialistas conseguem medir os impactos que a decisão política acarretará na vida do consumidor, e assim pode sugerir medidas alternativas para controlar esses impactos.

Monitorando os dados que as empresas lançam na rede, pode também conhecer melhor a variação de preços, e entender como a competição mercadológica influencia a venda e movimenta a economia.

A economia influência, e muito, o dia a dia operacional das empresas. Saber o que está acontecendo no setor econômico ajudará o gestor a tomar decisões para atingir seus objetivos. E a análise de Big Data está cada dia mais presente no gerenciamento de empresas de qualquer segmento e tamanho para ajudar nessas decisões. Vale a pena implantar essa ferramenta na sua empresa e ter mais vantagens!

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse em primeira mão no seu e-mail!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.