Alguma vez você já se sentiu perdido em meio ao turbilhão de informações que recebe todo o dia, o dia todo? Alguma vez você já pensou que poderia ter mais tempo e mais dinheiro se conseguisse organizar tantos dados?

Foi justamente para atender a esses desejos que surgiu uma das ferramentas de gestão mais poderosas da atualidade: o Business Intelligence (BI), também chamado de Inteligência Empresarial.

De maneira resumida, podemos dizer que Business Intelligence nos negócios é um conjunto de processos, metodologias e tecnologias desenvolvidas com o objetivo de coletar, monitorar, organizar, analisar e compartilhar informações.

No entanto, não são analisadas quaisquer informações! Apenas as que forem úteis para aprimorar a gestão de uma empresa. Por exemplo: novidades dos concorrentes, dados dos clientes e qualidade dos fornecedores. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura!

Quais as vantagens de um projeto de Business Intelligence nos negócios?

Ao implementar um programa de Business Intelligence, a empresa tem grande chance de dar um salto de qualidade na gestão. Isso porque essa análise colocará na mão do empresário tudo o que for necessário para que ele tenha uma visão ampla do negócio.

Com as informações coletadas e analisadas pelo BI, a empresa conhecerá as oportunidades de melhoria interna, quais recursos estão sendo desperdiçados, quais clientes são mais lucrativos, quais as ameaças ao negócio e como combatê-las, além de muitos outros fatores.

O BI não serve apenas para ajudar a equipe de gestão e os executivos da empresa: serve para todos os funcionários. Com o conhecimento gerado pelo programa de inteligência, os funcionários entendem melhor como otimizar seu próprio trabalho e como incrementar a produtividade.

De onde vêm as informações coletadas pelo BI?

As informações vêm de várias fontes. As mais comuns são CRMs, ERPs, Data Warehouses, relatórios internos e até notícias de jornais. Uma vez reunidos em um único repositório (software ou sistema), essas informações são cruzadas, checadas e comparadas, gerando conhecimento valioso para o gestor.

Como o BI pode ser tão eficiente?

A eficiência do Business Intelligence está no fato da ferramenta não se resumir a uma única metodologia, um único processo ou um único software. BI é um conjunto de ações, que podem ser desdobradas e ajudar em diversas necessidades das empresas. Vamos citar algumas abaixo:

Mensuração e análise dos resultados

Por meio do Business Intelligence, é possível acompanhar indicadores importantes para o desenvolvimento da empresa ou de algum projeto específico. Graças a essa capacidade de análise, o empresário sabe exatamente o que está acontecendo e pode agir antes que surja algum problema.

Tomada de decisão mais eficiente

Para tomar a decisão certa, o gestor precisa ter as informações precisas e contextualizadas da maneira correta. O BI fornece tudo isso.

Com a ferramenta, o gestor poderá, por exemplo, comparar o orçamento de um projeto com o cumprimento dos prazos e com indicadores de gastos. Dessa forma, poderá tomar as melhores decisões possíveis em poucos instantes.

Segurança da informação

A empresa que adota um sistema de Businesse Intelligence tem, à sua disposição, uma ferramenta de armazenamento de dados muito segura. Isso evita não apenas ataques de hackers ou vírus, mas também garante backups constantes e periódicos.

Quando as informações estão espalhadas em vários computadores e usuários diferentes, essa segurança é comprometida pela falta de uniformidade no tratamento.

Entendeu a importância de usar Business Intelligence nos negócios? Caso queira continuar aprendendo sobre o assunto, assine nossa newsletter e receba outros conteúdos como este no seu e-mail!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.