O difícil acesso aos softwares licenciados e os altos custos para aquisição e manutenção da tecnologia são dois motivos pelos quais algumas empresas não implementam esses sistemas nas suas operações.

Isso resulta em processos mais extensos, resultados imprecisos e desgaste da equipe, que precisa utilizar recursos alternativos para a execução do trabalho. O software livre, portanto, pode ser uma solução para esses problemas.

Neste post, vamos explicar o que é software livre e quais as vantagens que essa tecnologia pode oferecer para sua empresa. Confira!

O que é software livre?

Software é um programa de computador em que é possível executar uma série de atividades, como edição de imagens, programação, gerenciamento de tarefas, entre outras. Porém, a instalação e uso desses programas geralmente é cobrado, o que incide ainda mais custos nas operações corporativas.

O software livre, por outro lado, é um programa que pode ser instalado, usado, copiado, modificado e até redistribuído com poucas restrições. A tecnologia é desenvolvida de forma colaborativa por profissionais do mundo todo e seu acesso é gratuito.

Os programas podem ser baixados diretamente no site do software e, muitas vezes, oferecem uma qualidade tão boa quanto a dos sistemas operacionais proprietários.

Como utilizar o software livre no ambiente corporativo?

Implementar o software livre na empresa não é algo tão simples quanto se imagina. Antes de mais nada, é preciso entender se o programa será realmente capaz de atender às necessidades da organização.

É importante, também, verificar se a migração de um software proprietário para um software livre é viável. Ou seja: estudar se a transição não causará transtornos como perda de dados, estagnação das operações e má adaptação dos usuários. Para isso, é importante contar com profissionais capacitados e experientes que poderão realizar esse serviço e dar suporte posteriormente.

Quais são as principais vantagens do software livre?

O software livre oferece uma série de benefícios para a empresa. Abaixo, listamos algumas das principais vantagens de implementar essa tecnologia:

Baixo custo-benefício

Conforme explicamos, o software livre é uma alternativa mais econômica às soluções proprietárias. O código aberto permite que as empresas — especialmente as de pequeno porte — possam otimizar o seu orçamento e iniciar projetos com um custo reduzido.

Possibilidade de customização

A modalidade Open Source possibilita que a empresa customize o software conforme suas necessidades — algo inviável nas soluções proprietárias. Isso permite que a empresa tenha maior liberdade para realizar ajustes e outras personalizações.

Maior segurança

A identificação e correção de problemas é mais simples na modalidade Open Source graças à capacidade de resposta da comunidade de desenvolvedores de código aberto. É possível detectar questões de segurança da informação e solucionar tais transtornos com maior facilidade em relação às soluções proprietárias.

Nenhum problema com a fiscalização

Utilizar um software livre evita problemas com a fiscalização, já que o código aberto tem poucas restrições. Isso significa que a empresa estará isenta de burocracias e transtornos em relação ao uso incorreto do software.

Implementar o software livre na sua empresa pode ser uma solução para gestão financeira e operacional da empresa. Para isso, é importante estudar as vantagens e desvantagens de aderir à tecnologia, de modo a viabilizar a eficiência no desenvolvimento de projetos e o crescimento gradual da organização.

Se você gostou deste artigo, confira também o nosso post sobre as melhores soluções em TI para otimizar resultados!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.