Uma das principais características da nossa época é a grande quantidade de dados e informações que temos que conviver todos os dias. Este volume, especialmente nas empresas, traz uma série de vantagens, mas também gera confusão e dificuldades de filtrar o que é realmente importante. Por isso, o business intelligence se tornou uma tendência tão forte nos últimos anos. Ele permite que, dentro desse grande manacial de dados, se extraia informações que realmente importam para o dia a dia e para o futuro das empresas.

Entenda no post a seguir se a sua empresa precisa de BI e quais são as vantagens que ele pode trazer.

As planilhas têm limitações

Não há nada de errado com as planilhas, muito pelo contrário! Elas são excelentes recursos de controle e análise, extremamente flexíveis, mas é importante entender que ela possui algumas limitações. A principal delas é que a planilha é uma ferramenta estática, ou seja, para obter informações diferentes é necessário inserir manualmente novos dados ou novas fórmulas, o que pode se tornar muito trabalhoso, especialmente quando o volume de dados está muito grande.

Outro problema fundamental das planilhas é a falta de integração dos dados. É muito comum que diferentes áreas da mesma empresa tenham números completamente diferentes uns dos outros, mesmo se tratando do mesmo assunto. Isto acontece porque, como os dados são inseridos manualmente, podem haver erros que comprometem a confiabilidade de todos os dados.

O business intelligence, por outro lado, garante uma maior confiabilidade porque utiliza os dados de forma integrada com as outras plataformas.

Grande quantidade de dados e pouca informação

Dados e informações não são sinônimos. Sua empresa pode ter um grande volume de dados, das mais diversas fontes, mas não ser capaz de converter esses números em informação relevante. Entenda informação relevante como aquela que vai ajudar os gestores no processo decisório, na criação de novos processos e no aumento do poder competitivo no mercado.

O BI, através de padrões de cálculos pré-definidos, permite que se transforme estes dados na informação que os gestores necessitam. O modelo tradicional exige que a TI e as áreas estratégicas invistam grande parte do seu tempo na consolidação dos dados e na confecção de relatórios. E, o pior, muitas vezes estes relatórios acabam sendo apresentados de uma forma pouco útil para os gestores.

Com uma solução em BI, os setores estratégicos investirão seu tempo no que é mais importante: na análise das informações, na busca de respostas para criar processos mais eficientes e se tornar a empresa mais competitiva no mercado. Por outro lado, a TI deixa de ficar sobrecarregada e passa a trabalhar para garantir o bom funcionamento das soluções internas.

Informações mais abrangentes

Outra grande vantagem trazida pelo BI é a possibilidade de obter informações mais abrangentes. Como o sistema consolida todos os dados da empresa, inclusive os dados de mercado, é possível obter informações muito mais amplas, que envolvam  cruzamento de números de diversos setores.

E, o mais importante, como o BI trabalha a partir de padrões de cálculo pré-definidos, estas informações são obtidas com rapidez, praticamente em tempo real. Isto permite respostas rápidas ao mercado e às necessidades internas da empresa.

O principal ganho trazido pelo business intelligence é a possibilidade de obter informações relevantes, de forma rápida, abrangente e confiável. Estas informações serão utilizadas para tornar a empresa mais eficiente, inteligente e competitiva. Por isso, as vantagens do BI em relação às planilhas tradicionais criam uma tendência que dificilmente poderá ser descartada nos próximos anos.

Gostou do post de hoje? Gostaria de compartilhar alguma experiência ou dúvida sobre business intelligence? Deixe seu comentário!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.