Cada dia mais, uma boa ferramenta para apoio à decisões estratégicas é essencial para que a sua empresa se mantenha à frente de suas concorrentes e que perceba pequenas mudanças tanto internas quanto externas. Nesse caso, uma plataforma de Business Intelligence pode se encaixar perfeitamente.

Porém, antes de escolher uma boa ferramenta Business Intelligence, a organização precisa fazer um exercício de auto-conhecimento e avaliar se realmente está preparada para esse tipo de solução. Pois, um dos fatores para o sucesso de um projeto de implantação de Business Intelligence é o envolvimento e comprometimento do próprio cliente.

Para ajudar nessa jornada de auto-conhecimento da organização, Wayne Eckerson, em seu livro: Performance Dashboards (Measuring, Monitoring and Managing your Business), elaborou algumas perguntas que devem ser respondidas pelos envolvidos antes de iniciar esse novo empreendimento, que sem dúvida mudará a forma que a organização visualiza e entende suas informações.

Segue abaixo a tradução livre do trecho, com alguns comentários à respeito:

    • EstratégiaSua organização possui uma estratégia clara e coerente com metas, objetivos e indicadores bem definidos?
    • Patrocínio: Há um executivo de alto-nível que realmente acredita no projeto e que deseja investir seu tempo evangelizando e cultivando este projeto?
    • Necessidade Urgente: A organização possui uma clara necessidade pela ferramenta? O quanto essa organização está sofrendo pela incapacidade de rastrear e medir performance?
    • Buy-In: Há gerentes de “médio-nível” que apoiem o projeto? A transparência nos resultados de performance irá ameaçar suas posições e seus poderes adquiridos?
    • Escopo: O grupo possui escopo suficiente de forma que a implementação possa ser adaptada por outros grupos na organização?
    • Time: O grupo possui pessoas técnicas e de negócio com habilidades apropriadas e experiência para entregar um projeto de sucesso?
    • Cultura: O grupo ja possui uma cultura baseada em medidas e toma suas decisões por fatos ao invés de intuição?
    • Alinhamento: Os times de negócios e técnico estão alinhados? Eles possuem um bom relacionamento e confiam uns nos outros?
    • Dados: Existem dados para popular os indicadores? O quão claros, válidos e completos são esses dados?
    • Infra-estrutura: O grupo possui uma sólida infra-estrutura técnica que gere os dados necessários e os entregue para os usuários em um formato fácil de monitorar e analisar?

Em muitos casos, a resposta para a maioria dessas perguntas dentro de uma empresa é não, o que pode levar a pensar que não é o momento de implantar esse tipo de solução. Porém, uma empresa com experiência em projetos de implantação de Business Intelligence, pode ajudar a organização a se preparar para utilizar com sucesso esta ferramenta.

Na sequencia, criarei um tópico para cada um dos itens acima, contando experiências que tivemos com clientes e como solucionamos alguns problemas.

Saiba mais sobre Business Intelligence.

 

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.