Big Data para eventos já é uma realidade. O uso da tecnologia para diversos espetáculos já é uma tendência consolidada entre produtores e promete personalizar a experiência, otimizar a segurança dos visitantes e clientes, além de aperfeiçoar a captura de dados relevantes.

Preparamos um conteúdo especial para que você conheça diversos benefícios do uso dessa tecnologia em seus eventos. Confira!

1. Criação de experiências personalizadas

Com o Big Data, fica mais fácil para os organizadores de eventos criarem experiências únicas, onde os convidados se tornam participantes ativos.

Os avanços na tecnologia dão aos planejadores de eventos a possibilidade de moldar essas experiências por meio de instrumentos, como a realidade aumentada, que tem o poder de transformar qualquer conteúdo em um vídeo personalizado e interativo.

A tendência para os próximos anos é que os participantes dos eventos interajam com displays e estandes durante sessões ou palestras, diretamente de seus dispositivos. Diferentemente de eventos que contenham as mesmas informações para apenas um público, as experiências podem ser feitas sob medida, com entrada manual e automática do participante para acessar informações específicas.

Além disso, será possível desbloquear conteúdo especial e receber atualizações. O Big Data, aqui, fornece insights que podem ser obtidos a partir de análises a fim de segmentar o público e os participantes em grupos e identificar preferências e possíveis personalizações.

2. Acompanhamento em tempo real

Com a coleta de dados em tempo real, os organizadores de eventos não precisarão mais prever os comportamentos e reações de um determinado participante. Realizar alterações na configuração ao vivo se torna algo perfeitamente possível e viável.

Fica mais fácil descobrir as razões que levam as pessoas a se engajarem mais com algumas atrações e ignorarem outras. O Big Data é capaz de fornecer respostas a essas perguntas relacionadas ao engajamento enquanto o evento ainda está em andamento.

Como planejador, em vez de entrar em pânico quando as coisas se mostram diferentes do esperado, você pode observar e fazer ajustes em tempo real, que atenderão às suas necessidades, bem como às demandas do público. A capacidade de agir com base em dados ao vivo permite que um evento se torne uma experiência verdadeiramente envolvente e intimista.

3. Maior controle de multidões

O Big Data é dotado de um serviço de geolocalização, que vai além do que ser capaz de dizer onde uma pessoa específica está localizada no seu evento. A tecnologia moderna permite que os organizadores também consigam mensurar a densidade de uma multidão. Ter essas informações coloca os planejadores no comando do fluxo de público de uma maneira sem precedentes.

O cruzamento de dados proporcionado pelo Big Data permite que os planejadores detectem os gargalos quase imediatamente e, assim, possam mapear novas áreas de circulação ou desviar o tráfego conforme necessário.

Com o tempo, informações dessa natureza podem influenciar a maneira como você projeta seus espaços para outros eventos, identificando os pontos que concentram maiores agrupamentos de pessoas.

4. Segurança otimizada

Além de garantir que cada parte de seu evento receba um nível de engajamento semelhante, saber como e para onde a população do evento se desloca ajuda a efetivamente melhorar os procedimentos de segurança.

Além disso, os dados obtidos pela técnica conhecida como crowdshaping, podem incluir informações fisiológicas e biológicas dos participantes. Isso pode renovar a maneira como os planejadores abordam tudo, desde alergias alimentares até a navegação em condições climáticas adversas. Isso é especialmente valioso para eventos gastronômicos, por exemplo.

Como vimos no post, a coleta de Big Data é uma grande tendência na indústria de planejamento de eventos. O casamento entre a tecnologia e a essas estratégias centradas no participante, está criando experiências para otimizar a interação dos planejadores com os visitantes.

Coletar dados faz com que os planejadores de Big Data para eventos possam fazer ajustes em tudo, no local e fora, de maneira rápida e eficiente. Para realizar o serviço com eficiência, é essencial contar com a consultoria e expertise de uma empresa especialista no assunto.

Gostou do post e quer saber mais sobre a implantação do Big Data em seus negócios e eventos? Então, entre em contato conosco e conheça o nosso trabalho!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.