Agrupar, analisar e relacionar grandes volumes de informação tendo como objetivo principal proporcionar uma experiência de aprendizagem personalizada conforme o perfil de cada aluno é a importância do Big Data na educação.

Os benefícios de aplicá-lo no contexto educacional são vários, para ambas as partes, ou seja, instituições de ensino e estudantes. Neste artigo, apresentaremos os pontos mais relevantes em relação ao assunto. Continue a leitura e confira!

Como utilizar o Big Data na educação?

Para entender a utilização do Big Data na educação, nada melhor do que conhecer as suas possíveis aplicações. Nesse sentido, da mesma maneira que as lojas virtuais e as redes sociais usam as informações dos usuários para indicar determinados produtos, as plataformas de tecnologia educacional são capazes de explorar os dados dos alunos de modo a acompanhar e avaliar os seus desempenhos.

Pode-se dizer, sem medo algum, que esse é o grande uso do Big Data na educação. Em termos práticos, à medida que os estudantes completam as suas atividades na plataforma (online) em questão, o sistema identifica os temas que eles dominam e quais são as lacunas de aprendizagem.

É a partir de então que ele indicará quais são os caminhos a seguir, levando em consideração as dificuldades do aluno e o tempo dedicado à disciplina, por exemplo: é nesse ponto que o Big Data contribui para a personalização dos estudos.

Quais são os seus benefícios para o setor?

Muitas são as vantagens para o setor educacional. No olhar do aluno, o Big Data na educação ajuda a eliminar barreiras com a falta de tempo dentro de um dia a dia apertado. Isso ocorre exatamente em virtude do que acabamos de falar: a identificação das competências e das lacunas do aprendizado, colaborando para o desenvolvimento de melhores metodologias de avaliação.

No olhar da instituição (escolas e universidades), por sua vez, o Big Data revoluciona a didática tradicional, pois oferece:

  • maior controle sobre o que cada um dos estudantes aprendeu;
  • ampla e personalizada diversificação dos materiais de estudo;
  • aplicação de distintos modelos de ensino.

Como ele pode ajudar na evasão escolar?

Sem a utilização de uma tecnologia apropriada, o gerenciamento de dados dificilmente será eficaz a ponto de ajudar na evasão escolar. No entanto, com uma plataforma educacional cujas aplicações de Big Data estão inclusas, a instituição não terá dificuldades para acessar as informações sobre a presença e as dispensas dos alunos.

Contudo, a questão-chave é a análise estatística de determinados dados, que permite às escolas e/ou universidades preverem quem são os estudantes que estão propensos a abandonar o curso antes mesmo que o problema se manifeste.

Também é totalmente possível aplicar o Big Data na gestão administrativa de diversas formas, sobretudo as que envolvem os aspectos financeiros e organizacionais como um todo.

Por fim, é importante ter em mente que o Big Data na educação não é uma tendência, e sim uma realidade. Sua aplicação tem o potencial de transformar o setor para algo muito melhor.

Se quiser saber mais sobre o assunto, entre em contato conosco! Vamos atendê-lo da melhor maneira possível e tiraremos todas as suas dúvidas!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.