Transformar dados em informação nunca foi tão fácil. Isso porque tanto as empresas como os consumidores deixam certos rastros em suas operações na internet, que podem ser utilizados de forma legal para gerar conhecimento significativo para os gestores.

Pensando nesse objetivo de guiar a sua tomada de decisão, preparamos um artigo para que você saiba como, exatamente, conduzir essa tarefa e quais as tecnologias mais indicadas. Boa leitura!

Quais são os mecanismos de geração de dados?

O conceito principal por trás do trabalho com dados é a geração de insights e produção de conhecimento para embasar a tomada de decisão.

Com as ferramentas tecnológicas da atualidade, capturar os dados em todos os canais de contato com os clientes se tornou bem mais simples. Podemos mencionar os seguintes meios de extração de informações:

  • sites;
  • redes sociais;
  • aplicativos;
  • pontos de venda.

Além disso, é possível armazenar elementos relacionados aos processos como o número de vendas, lucros e até mesmo a área de abrangência da empresa, rastreando até mesmo a atuação dos concorrentes por meio das redes sociais.

Como transformar os dados em informação?

Agora, vamos conhecer ações efetivas para transformar dados brutos em informações concretas.

Foque na tomada de decisões

Ao abdicar do processo de transformar dados em informações importantes para o negócio, os gestores deixam de utilizar uma estratégia significativa para melhorar o processo decisório. Além disso, fica difícil mapear as preferências dos clientes e criar um relacionamento mais próximo com essas pessoas.

Todos os procedimentos relacionados à manipulação de dados são indispensáveis para gerar vantagem competitiva em um mercado tão integrado com a tecnologia. É por meio da análise e extração de informações que os gestores conseguem tomar decisões assertivas, eliminando os fatores de incerteza.

Estabeleça KPIs adequadas para a sua empresa

Com a análise e mineração adequada dos dados, torna-se possível estabelecer os KPIs (Key Performance Indicators), indicadores-chave para determinar metas adequadas e mensurar o desempenho geral da companhia.

Em um ambiente competitivo de negócios, é importante comparar, de forma periódica, os resultados obtidos com as metas predeterminadas. Assim, os KPIs são ferramentas poderosas para mensurar se a empresa está rumando na direção certa para cumprir seus objetivos.

Instale uma cultura data driven

Agora que já sabemos que a análise de dados é imprescindível para agregar valor ao negócio, é importante direcionar a cultura organizacional para que essa constatação seja transmitida a todos os setores da empresa.

Dessa forma, uma cultura data driven é o cenário em que uma companhia organiza seus processos e métricas com base em dados e informações reais, fugindo de decisões baseadas em mero instinto, exemplos passados ou achismos.

Um passo importante nessa direção é a utilização de ferramentas e plataformas destinadas a esse trabalho. Conheceremos mais sobre elas a seguir.

Quais são as melhores estratégias para a transformação?

É imprescindível maximizar o uso da tecnologia ao seu favor, investindo em ferramentas de Business Intelligence e Big Data para gerar valor e inteligência de mercado. Essas ferramentas constituem uma revolução em relação aos instrumentos que eram utilizados para gerar informações até então.

Tanto o Big Data como as soluções de BI vão fornecer conhecimento relevante para incrementar todo o processo decisório. Eles vão ajudar no desenvolvimento de metas e estratégias com a produção de insights significativos.

Combinados aos indicadores, como os KPIs, os dados a serem trabalhados são diversos. Somente com as informações colhidas com o mapeamento de interações com consumidores é possível mensurar a frequência de compra, itens mais adquiridos, formas prediletas de pagamento, entre muitos outros.

Assim, será mais fácil desenvolver um relacionamento mais personalizado com os clientes e aproveitar melhor oportunidades sazonais. Um exemplo é a identificação de determinados produtos adquiridos em um certo período do ano: com base nesse conhecimento, a empresa pode trabalhar em ofertas para o ano seguinte.

Como pudemos ver, transformar dados em informação é uma estratégia eficiente e acessível para diferentes modelos de negócio. Com ferramentas de alto nível, é possível modernizar a sua empresa, conquistar e fidelizar clientes aproveitando as demandas de mercado.

Gostou do artigo e quer saber como fugir das armadilhas na gestão de dados? Então, leia agora mesmo o nosso post sobre os principais erros na gestão!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.