Uma empresa capaz de ler suas informações e interpretá-las consegue se posicionar no mercado de maneira mais consciente, sabendo exatamente os desafios e o que pode ser feito para obter melhores resultados. Nesse cenário, temos uma participação importante do banco de dados e business intelligence.

Mas, o que são esses conceitos e como se relacionam? Como podem ajudar a empresa a traçar caminhos mais sólidos e otimiza atomada de decisões?

Neste post, explicaremos os dois conceitos e sua influência no futuro de uma corporação. Se você quer entender melhor o assunto, leia até o final!

O que é banco de dados?

O banco de dados pode ser definido como a organização e a armazenagem de informações sobre um mesmo assunto, que devem ser preservados para segurança ou consultas futuras.

Esse acúmulo de informações depende de um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados, estrutura que permite o acúmulo e a organização desses dados, protegendo-os e disponibilizando para usos posteriores.

Trata-se de uma tecnologia usada principalmente em sistemas de ERP (software de gestão de empresas) e CRM (software de gestão de relacionamento com o consumidor), controle financeiro, de estoque, entre outras soluções necessárias na rotina de uma corporação.

O que é Business Intelligence?

O Business Intelligence também lida com o armazenamento e organização de dados, porém, seu conceito defende a utilização dessas referências como inteligência para a gestão do negócio.

Dentro doconceito de BI, esses dados são usados como ponto de partida para a inteligência de mercado, de clientes, de vendas e competitiva.

Não bata coletar e organizar essas informações, mas é importante transformá-los em dados estruturados para a tomada de decisão, permitindo às organizações uma análise real e preditiva do negócio.

Com oBusiness Intelligence, a empresa consegue ter uma visão muito mais clara da situação atual e definir os próximos caminhos com clareza e precisão.

Como esses termos se relacionam?

Os bancos de dados podem ser considerados a base para que uma estratégia de Business Intelligence funcione. Com base nas informações coletadas e armazenadas, é possível estruturá-las de maneira inteligente, de acordo com os aspectos que a empresa pretende avaliar.

Se a empresa se preocupar em investir na construção de um banco de dados seguro e realmente capaz de armazenar as informações com eficiência, e na avaliação dessas referências de maneira estratégica e voltada para resultados, pode ter um retorno consistente de suas ações e estabelecer uma boa vantagem competitiva.

Sem a gestão de banco de dados, a organização não terá a “matéria-prima”, ou as fontes para que a análise seja feita em prol de uma decisão centrada.

Ficou mais claro o que é banco de dados e business intelligence e como esses dois termos estão ligados em uma gestão corporativa voltada a resultados? Sem essas informações, as decisões têm uma grande margem de erro e podem trazer sérios prejuízos à empresa. E isso vale tanto para pequenos negócios como para grandes multinacionais.

Como está o processo decisório da sua corporação? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar, através de uma tecnologia capaz de integrar as diferentes fontes de dados e permitir uma estratégia de BI clara e competente.

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.