Hoje, é comum ouvir falar sobre as aplicações do Big Data no mercado. Contudo, muitas pessoas ainda não sabem que é possível melhorar ainda mais essa estratégia de análise de dados.

A cultura Omnichannel tem sido outra revolução tecnológica aplicada aos negócios. E como as duas se encontram? Descubra agora e aproveite para aprender mais sobre ambas!

Cases de sucesso com o Big Data

O Big Data se refere, de modo geral, a um grande volume de dados, estruturados ou não, que são analisados por ferramentas específicas para gerar informações concretas e conhecimento relevante para o negócio.

De forma mais objetiva, podemos conceituá-lo como um conjunto de dados brutos detidos pelas empresas e trabalhados por meio de ferramentas tecnológicas avançadas.

A Nike, famosa multinacional de materiais esportivos, investe de forma maciça em tecnologia e nas ferramentas de Big Data. Com os dados colhidos, a empresa reúne informações concretas sobre seus usuários, principalmente por meio de aplicativos.

O Grupo Pão de Açúcar também se beneficia dos resultados da análise de dados. A empresa utiliza informações retiradas do histórico de compras do consumidor para oferecer descontos personalizados. Além disso, o próprio serviço de wi-fi dentro de suas lojas ajuda a estabelecer padrões e fornece promoções com o cliente já dentro de um dos seus estabelecimentos, incentivando as compras.

O serviço não beneficia somente os consumidores que tencionam pagar pouco. Com o sistema, é possível identificar rapidamente quais são os produtos que precisam de reposição e checar atualizações dos preços nas etiquetas.

Assim, com o Big Data, as empresas podem desenvolver soluções mais personalizadas, estreitando o relacionamento com seus clientes e elevando a sua reputação. Segmentando os resultados por regiões, é possível lançar produtos que atendam às demandas de determinada área.

Cultura Omnichannel

Omnichannel é um termo utilizado para explicar uma tendência atual do comércio que se baseia na convergência de todos os canais utilizados por uma organização. Basicamente, trata-se de mesclar os universos offline e online do negócio para transformar tudo em uma grande base de dados de mercado — de modo similar ao trabalho com Big Data.

Assim, a cultura Omnichannel designa a junção entre instrumentos diferentes, como a atuação da empresa nas redes sociais e os pontos fixos de venda do negócio. Desse modo, é possível integrar todas as informações relacionadas ao negócio e facilitar a consulta aos arquivos e o desenvolvimento de soluções personalizadas.

Essa cultura já é amplamente difundida entre as grandes empresas do comércio brasileiro. Um exemplo são as lojas eletrônicas que vendem produtos esportivos com a opção de retirada em um ponto físico ou recebimento em casa, integrando diferentes tipos de interação com esses consumidores.

Outra aplicação do conceito é encontrada quando as empresas que comercializam ingressos para eventos realizam a venda do serviço pela internet, mas oferecem a opção de retirada do bem em determinado ponto físico para aqueles que desejam tê-lo em mãos.

Diferentemente de outras nomenclaturas como Multichannel e Crosschannel, o Omnichannel caracteriza a possibilidade de utilização simultânea dos múltiplos canais do negócio. Nesse modelo, o cliente é o centro das atenções.

Integração entre Big Data e Omnichannel

A sincronização entre os canais do Ominchannel e as soluções de Big Data resultam, portanto, em uma ampla quantidade de informações úteis para a empresa. Isso favorece a agilidade no atendimento por meio de diferentes canais de interação com o cliente.

É interessante notar que ambas as ferramentas são complementares, já que se dedicam a centralizar informações e fornecer uma visão geral e diferenciada do negócio. Por meio do levantamento de dados do Big Data, é possível mapear tendências e fortalecer os canais de comunicação prediletos dos clientes com a ajuda da cultura Omnichannel.

Percebeu como essas tendências podem ser integradas para agregar valor ao seu negócio, independentemente do seu ramo de atuação? Na era da informação, é um grande erro desprezar o cruzamento de dados das aplicações do Big Data e a simultaneidade oferecida pelo Omnichannel para estabelecer padrões de consumo.

Gostou do conteúdo e quer ler mais sobre tecnologia aplicada aos negócios? Então, confira o próximo post e descubra se a sua empresa está preparada para a quarta revolução industrial!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.