Embora possa ser sugerido por muitas empresas em suas propagandas, implementar processos de Business Intelligence (BI) nas organizações não é tarefa simples. Não que seja necessariamente uma missão impossível e complicada, o que queremos mostrar é a complexidade desses processos. Eles devem ser implementados com bastante atenção e cuidado para que sejam eficazes.

Os erros podem começar logo com a escolha de um software até a implementação de processos diários de manutenção. Confira como implantar processos de Business Inteligence nas organizações:

1. Delimite corretamente os parâmetros a serem observados

O sucesso da gestão sempre se inicia com a escolha correta de métricas e indicadores para o seu negócio. Comece utilizando KPIs, que representam o centro das engrenagens dos processos de BI.

Ao contrário das métricas comuns, que contêm dados mais difusos a respeito do seu negócio, um KPI deve ser um dado numérico que diz algo sobre o que há de mais essencial no seu negócio.

Enquanto as métricas devem ser várias para indicar a saúde de uma infinidade de processos dentro da empresa, os KPIs ligam-se diretamente a seus objetivos, devendo expressar com uma simples olhada se os mesmos estão se realizando ou não. Por exemplo, uma empresa de vendas pode ter como métricas a rapidez de atendimento, o volume e o crescimento das vendas etc. Contudo, se o objetivo atual for a aquisição de clientes, ela deverá ter como KPI o crescimento do número de clientes, por exemplo.

2. Defina os grupos de usuários

O Business Intelligence é bastante objetivo quanto ao seu escopo. Não é uma mudança de cima para baixo nos processos de uma empresa. É, principalmente, uma mudança na cultura de gestão, para que ela se torne mais estratégica. Por isso, envolve três utilizadores principais: os utilizadores gerais de relatório na empresa, os analistas que avaliarão os dados e, por fim, os gestores, que tomarão as decisões de acordo com as informações captadas.

3. Escolha o software

É o momento mais importante da etapa inicial. Afinal, a escolha inadequada nesse momento pode representar uma grande reformulação no futuro. O ideal é pensar nas ferramentas que você precisa para monitorar os KPIs que estabeleceu e que ofereçam boa usabilidade para os utilizadores.

Assim, a equipe de TI responsável pela implementação dos processos de Business Intelligence deve criar um protótipo — o famoso Proof-of-Concept — mais simples da solução de BI a ser instalada.

Os utilizadores trabalharão normalmente com as aplicações e, depois, poderão fazer uma avaliação e sugerir mudanças para melhorar o software.

?Uma das ferramentas que tem se destacado nesse mercado é o Pentaho, um software livre que permite a customização e a personalização. Ela ainda é capaz de uma maior conectividade, ao mesmo tempo que permite uma arquitetura multiplataforma, tendo, dessa forma, uma excelente usabilidade.

?A Know Solutions trabalha com essa plataforma, oferecendo desde a instalação até o suporte técnico de longo prazo/1

4. Mapeie as fontes dos dados

Para construir a ferramenta ideal de Business Intelligence, é extremamente necessário saber a origem dos dados que alimentarão o data center. São CDs, planilhas, a rede, os bancos de dados? Se os dados não existem e devem ainda ser colhidos, o caso será outro; o ideal é uma pesquisa com os membros da sua empresa a respeito das possíveis fontes futuras.

5. Construa a solução de BI

Primeiro saiba:

  • o que será medido;
  • quem precisa das medidas;
  • onde serão analisados os dados;
  • de onde serão colhidos os dados.

Então construa uma ferramenta de Business Intelligence voltada para a sua empresa. Aí será o momento de:

  • determinar se um setor de TI precisa ser instalado;
  • saber se é preciso terceirizar os processos de Big Data e Data Mining;
  • treinar as equipes para utilizar as soluções de BI;
  • comprar os equipamentos corretos e contratar ou licenciar o software correto.

Por isso, se você não está habituado com tecnologia e gestão estratégica, o ideal é contratar uma consultoria de BI para que ela supervisione a implementação dos processos na sua empresa. Se você for cuidadoso e tiver êxito nesse momento, certamente colherá dados seguros para tomar suas decisões estratégicas.

Quer dividir sua experiência com a implementação de processos de Business Intelligence na sua empresa? Comente no nosso post!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.