Você sabe como otimizar a produtividade em TI? A capacidade de times trabalharem dentro de um elevado padrão é algo que todo gestor deve estar atento. Na área de tecnologia, em especial, isso tem uma grande importância: manter os profissionais com alta produtividade pode gerar impactos em todos os outros setores da empresa.

Mas como garantir que a produtividade em TI seja sempre acima do esperado? Para te ajudar a vencer esse desafio, preparamos o post a seguir. Continue a leitura e veja como melhorar o fluxo de trabalho do setor!

Por que a produtividade da TI é importante?

A tecnologia ganhou um papel muito importante nos últimos anos para as empresas brasileiras. A transformação digital e as novas tendências do mercado exigem que negócios estejam preparados para atender a demandas externas com agilidade e precisão. Afinal, quem não se mantem alinhado com as expectativas de clientes pode perder espaço frente a concorrentes e oportunidades de vendas valiosas.

Em um contexto onde a tecnologia está integrada ao dia a dia de vários setores, o time de TI deve estar preparado para lidar com várias demandas. Se os pedidos de suporte e os projetos da área não forem executados dentro dos prazos, por exemplo, outros setores serão afetados. Com isso, a produtividade geral da empresa cairá, o que reduz a sua competitividade em todos os locais em que ela disputa uma fatia do mercado.

Como otimizar a produtividade na área de TI?

Para otimizar a produtividade em TI há uma série de passos que podem ser tomados. Cada um auxilia em uma parte diferente do dia a dia da empresa. Se bem aplicadas, todos os profissionais conseguirão atuar com agilidade, segurança e foco nas demandas internas.

Entre os passos que podemos apontar para otimizar a produtividade da equipe de TI, podemos apontar:

  • focar em uma comunicação clara, que demonstre para todas as equipes as demandas existentes, os motivos para as decisões do planejamento terem sido tomadas e o que a gestão espera de cada um;
  • alinhar objetivos internamente e externamente, colocando o time de TI em um planejamento unificado e mudando o posicionamento da área para que ele esteja direcionado a partir das demandas da empresa e os seus objetivos de médio e longo prazo;
  • o investimento em boas ferramentas de trabalho, que sejam focadas em atender às necessidades da equipe e adotadas conforme o perfil do setor;
  • a adoção de indicadores de performance para otimizar a mensuração de resultados.

Que ferramentas podem ser utilizadas para melhorar o trabalho da TI?

Para otimizar o trabalho da equipe de TI e garantir um bom nível de produtividade, algumas soluções podem ser utilizadas. Elas aumentam a capacidade de times se manterem integrados e facilitam a tomada de decisões inovadoras. Além disso, reduzem riscos e problemas de performance.

Entre as principais, podemos apontar:

  • as ferramentas de gestão do fluxo de trabalho;
  • soluções de troca de dados na nuvem;
  • sistemas de gestão integrada;
  • CRMs de gerenciamento de atendimentos;
  • chatbots;
  • mecanismos de comunicação multicanal.

Investindo nessas ferramentas a empresa conseguirá criar um fluxo de trabalho mais unificado e inteligente para a equipe de tecnologia. Os profissionais poderão atender a um número maior de demandas sem comprometer a qualidade do seu serviço. Por isso, não deixe de pensar em um bom conjunto de ferramentas para otimizar a produtividade em TI da sua empresa.

Em processos de análise de informações, entender o que cada registro indica é fundamental. Saiba mais sobre o tema no nosso post com as diferenças entre dados e informações!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.