Big Data, Business Intelligence (BI), Business Analytics (BA), computação em nuvem e Inteligência Artificial (IA) são apenas algumas das tecnologias relacionadas à transformação digital nas empresas.

E para que ela possa de fato acontecer na sua organização, é importante conhecer quais são os seus riscos, benefícios e impactos. Do contrário, será difícil promover mudanças positivas e verdadeiramente eficazes para o crescimento do negócio.

Preparamos este artigo para apresentar os principais pontos da transformação digital. Se você quer levar sua empresa para o futuro dos negócios, não perca essa leitura em hipótese alguma. Confira!

O que é a transformação digital?

De forma clara e objetiva, a transformação digital pode ser descrita como um processo pelo qual as organizações utilizam a tecnologia para otimizar o desempenho, ampliar o alcance e melhorar os seus resultados como um todo.

A questão a salientar, aqui, é que a transformação digital se refere a uma mudança radical na estrutura administrativa e operacional das empresas. Nesse contexto, o papel central é atribuído ao fator que acabamos de citar: a tecnologia.

Quais são os seus efeitos para os negócios?

Inovação e conectividade. Basicamente, esses são os principais efeitos da transformação digital nos modelos de negócios. E vale ressaltar que todas as áreas e “contornos” de uma companhia poderão ser afetadas, seja na gestão, na cultura organizacional, nos processos operacionais ou no relacionamento com os clientes.

O propósito por trás dessa transformação é, essencialmente, proporcionar novos serviços que se adaptem a uma experiência totalmente digital.

Se você parar para refletir, perceberá que essa mudança está acontecendo a todo momento. A cada dia que passa, as pessoas, as empresas e as coisas estão mais conectadas entre si, revolucionando as formas como nós lidamos com tudo em nossa vida.

Como introduzi-la nas estratégias corporativas?

Quanto à introdução da transformação digital nas estratégias empresarias, separamos algumas dicas que podem fazer toda a diferença. Veja:

Repense seu negócio

A primeira delas é repensar o seu negócio. A razão disso é que a transformação digital é muito mais do que a mera adoção da tecnologia nos procedimentos da organização.

Entenda que a mudança deverá atingir todas as etapas e os departamentos do negócio, envolvendo, inclusive, uma modificação de pensamento daqueles que fazem parte do processo.

Analise o mercado, visualizando o seu futuro digital e as novas possibilidades que podem surgir ou ser criadas.

Capacite a sua equipe

Diante da velocidade com que as tecnologias são substituídas, é de extrema importância capacitar a sua equipe por meio de treinamentos e qualificações constantes.

O ponto a destacar, nesse caso, é que a transformação digital é uma jornada contínua. Isso significa que ela nunca vai parar, mas, sim, estar sempre em evolução.

Digitalize a inteligência do negócio

Comece a basear as suas ações em dados e estatísticas, digitalizando a inteligência do negócio. O Big Data e o Business Intelligence são exemplos de soluções que lhe auxiliarão a tomar decisões mais inteligentes.

Isso não quer dizer que o feeling deve ser deixado para trás, porém, uma tomada de decisão auxiliada por informações clara e precisas certamente contribuirá para o seu sucesso. Por último, tenha em mente que quem não se adaptar à transformação digital está assumindo um grande risco: o de desaparecer do mercado.

Se quiser saber mais e deseja começar essa mudança agora mesmo, entre em contato conosco!

Leandro Guimarães
Leandro Guimarães
Leandro Guimarães é o fundador da Know Solutions e trabalha com Business Intelligence desde 2009. Possui amplo conhecimento em Modelagem Dimensional, Data Warehouse e na plataforma Pentaho.

Foi aluno de Ralph Kimball, maior referência mundial no assunto, no curso de Modelagem Dimensional realizado pela Kimball University, em Estocolmo – Suécia.

Já ministrou diversas palestras sobre o tema e atualmente mantêm o blog da Know Solutions, com referências sobre Business Intelligence.

Pós Graduado em Gestão de Projetos de Software pela PUC – Paraná. Trabalhou durante 7 anos na empresa Siemens onde participou de projetos em diferentes países.